24/07/2020

As 100 Maiores Cooperativas Portuguesas (2018)

Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES)
2020

Foi recentemente publicado o estudo “As 100 Maiores Cooperativas – 2018”, da autoria da Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES) e que resulta do tratamento dos dados recolhidos por aquela entidade, no âmbito das suas atribuições de credenciação das cooperativas portuguesas.

À semelhança do estudo relativo a 2017, esta publicação divulga os dados estatísticos mais relevantes relativos às 100 maiores Cooperativas Portuguesas ordenadas pelo Volume de Negócios e às 20 maiores Cooperativas de Crédito ordenadas pelo total do Ativo Líquido. Também são apresentadas as 5 maiores Cooperativas por ramo.

Em 2018, as 100 maiores geraram um Volume de Negócios global de cerca de 2,32 mil milhões de euros, o que representa um aumento nominal de 4,8% face ao ano anterior.  O Ramo Agrícola é responsável por mais de metade do Volume de Negócios total e o Ramo de Comercialização por um terço.

Registou-se uma evolução igualmente favorável em relação ao Emprego gerado, tendo sido o número de trabalhadores de 7 483, mais 5,2% que em 2017. Também neste âmbito o Ramo Agrícola tem um peso preponderante, tendo gerado 44,9% dos postos de trabalho em análise, seguindo-se o Ramo do Ensino (36,1%).

Outro conjunto de resultados interessantes parte de uma das novidades inseridas neste relatório, nomeadamente, a análise do contributo das 100 maiores para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), em particular para o ODS 8 – Promover o crescimento económico inclusivo e sustentável, o emprego pleno e produtivo e o trabalho digno para todos.

O enfoque neste ODS relaciona-se em particular com o facto de este ser um dos objetivos que mais impacto tem na concretização dos restantes e é ao mesmo tempo um pré‑requisito transversal para alcançar muitas das metas da Agenda 2030.

O estudo está disponível em https://www.cases.pt/wp-content/uploads/2020/07/100-Maiores-Cooperativas.pdf

BUSCAR EN ESTUDIOS E INVESTIGACIONES

Con la colaboración de: