30/07/2008

Conselho Nacional de Economia Solidária – CNES

O CNES foi criado pelo mesmo ato legal que, em junho de 2003, instituiu a Secretaria Nacional de Economia Solidária – SENAES no Ministério do Trabalho e Emprego – MTE. Foi concebido como órgão consultivo e propositivo para a interlocução permanente entre setores do governo e da sociedade civil que atuam em prol da economia solidária. Tem por atribuições principais: a proposição de diretrizes para as ações voltadas à economia solidária nos Ministérios que o integram e em outros órgãos do Governo Federal, e o acompanhamento da execução destas ações, no âmbito de uma política nacional de economia solidária. O Conselho é composto por 56 entidades, divididas entre os setores do governo, dos empreendimentos de economia solidária e pelas entidades não governamentais de fomento e assessoria à economia solidária.

BUSCAR EN POLÍTICAS PÚBLICAS

Con la colaboración de: