09/03/2021

Trajetória e experiências das incubadoras tecnológicas das cooperativas populares (itcps) e empreendimentos solidários no contexto brasileiro. Por Tatiana Ribeiro Velloso, Leandro Pereira Morais y Daniel Francisco Nagao Menezes

A Economia Social e Solidária (ESS) compreende uma diversidade de práticas econômicas e sociais, que realizam atividades de produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo, consumo solidário, moedas sociais, entre outros. Uma de suas formas de atuação se faz por meio das Incubadoras Tecnológicas de Cooperativas Populares (ITCPs). Para Santos e Cruz (2008, p.2), as ITCPs, “de modo geral, apesar de ser alvo de crítica por muitos setores tradicionais da mobilização universitária, tem a ampla audiência de quem quer mudança”. Daí sua relevância enquanto formaorganizacional “emergente”. No Brasil, a primeira ITCP nasceu em 1995, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Posteriormente, novas ITCPs surgiram em outras universidades brasileiras; contexto este que propiciou a criação de uma Rede de ITCPs que se ampliou e passou a fazer parte da Rede Interuniversitária de Estudos e Pesquisas sobre o Trabalho (REDE UNITRABALHO), com a elaboração de um Programa Nacional de Incubação de Cooperativas Populares e Empreendimentos Solidários (PRONINC). Desta forma, o objetivo deste trabalho é traçar um panorama histórico da evolução das ITCPs no Brasil,a partir da visualização de alguns de seus marcos, desde sua origem até os dias de hoje e sua relação com as atividades acadêmicas, especialmente da extensão universitária. Do ponto de vista metodológico, o estudo foi realizado a partir de revisão bibliográfica, bem como análise de alguns Relatórios Técnicos sobre a Avaliação do PRONINC.

Palavras–chave: Incubação; Políticas Públicas; Extensão Universitária; Trabalho; Renda.

Ribeiro, T., Pereira, L. & Nagao D.F. (2020) Trajetória e experiências das incubadoras tecnológicas das cooperativas populares (itcps) e empreendimentos solidários no contexto brasileiro. En Álvarez, J.F. & Marcuello, C. (Dirs.) Experiencias Emergentes de la Economía Social, OIBESCOOP, pp. 128-155. http://www.oibescoop.org/wp-content/uploads/cap-05.pdf

Descargar capítulo

Autores:

Tatiana Ribeiro Velloso (Brasil)

Graduada em Agronomia (UFBA), Especialização em Cooperativismo e Mestrado em Extensão Rural (UFV) e Doutorado em Geografia (UFS). É professora da Graduação e Mestrado em Educação do Campo (UFRB). Compõe o Núcleo da Incubadora de Empreendimentos Solidários – INCUBA/UFRB/UNITRABALHO. Atualmente é Pró-Reitora de Extensão da UFRB. Tem atuação acadêmica e profissional em: economia solidária, cooperativismo, educação do campo, tecnologias sociais, movimentos sociais e sindicais do campo.

 

Leandro Pereira Morais (Brasil)

Graduado em Ciências Econômicas (UNIMEP), Especialização em Economia do Trabalho (UNICAMP e ILO), Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Econômico (UNICAMP) e em Economía Social y Desarrollo Territorial (Universidad de Sevilha). É professor do Departamento de Economia da UNESP-Araraquara, Coordenador do Núcleo de Extensão e Pesquisa em Economia Solidária, Criativa e Cidadania (NEPESC), Membro da Força Tarefa das Nações Unidas para a ESS – UNTFSSE. Consultor da OIT, UNRISD e do UN High Level Political Forum on Sustainable Development. Membro do CIRIEC-Brasil, do Comitê Científico Internacional do CIRIEC-Internacional e do Observatório Iberoamericano de Emprego e Economia Social e Cooperativa (OIBESCOOP).

 

Daniel Nagao Menezes (Brasil)

Graduación en Derecho (PUC-Campinas), Especializaciones en Derecho Constitucional y Derecho Procesal Civil (PUC-Campinas), en Didáctica y Práctica Pedagógica en la Educación Superior (Centro Universitário Padre Anchieta), Master y Doctor en Derecho Político y Económico (Universidade Presbiteriana Mackenzie), Post-Doctor en Derecho (FADUSP). Profesor del Programa de Posgrado en Derecho Político y Económico de la Facultad de Derecho de la Universidade Presbiteriana Mackenzie. Miembro de CIRIEC-Brasil.

BUSCAR EN NOTICIAS

Con la colaboración de:

Con el patrocinio de: